sexta-feira, 2 de abril de 2010

Esta música sou eu...


Estou além

Não consigo dominar
Este estado de ansiedade
A pressa de chegar
P’ra não chegar tarde
Não sei de que é que eu fujo
Será desta solidão
Mas porque é que eu recuso
Quem quer dar-me a mão

Vou continuar a procurar a quem eu me quero dar
Porque até aqui eu só

Quero quem
Quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem não conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem não conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi

Esta insatisfação
Não consigo compreender
Sempre esta sensação
Que estou a perder
Tenho pressa de sair
Quero sentir ao chegar
Vontade de partir
P’ra outro lugar

Vou continuar a procurar o meu mundo, o meu lugar
Porque até aqui eu só

Estou bem
Aonde não estou
Porque eu só estou bem
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou
Porque eu só estou bem
Aonde não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou


Letra e música de António Variações



Não é que não aprecie o talento incontornável deste vulto da Pop portuguesa que é o António Variaçoes, mas porque me fascina muito mais a versão magistral desta mesma música do meu amigo e músico Carlos Polónia, optei por deixar aqui apenas aqui a letra desta música que poderia muito bem ser a minha definição...

2 estrelinhas:

Lita disse...

quantas vezes também me senti assim... beijos minha doce fada!

Anónimo disse...

Há sempre um dia em que nos sentimos assim...

Enviar um comentário

Obrigada pela visita...
Beijos de fada

Template by:
Free Blog Templates